Você sabia professor...
   
 
BRASIL, Sul, SANTA MARIA, PATRONATO, Mulher
 

  Histórico
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006

Links interessantes para Oficina JB
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Blog da Cris
 Adelaide
 Amélia
 Curso de Informática Educativa e Multimeios no JB




 

 
 

Outras informações lidas na ajuda

2 - Primeiros passos: Login e Senha para inicialização


O Linux é um sistema operacional fácil, seguro e preparado para o ambiente corporativo, pois é multi-usuário e multi-tarefa. Ou seja, na escola ou no trabalho, em geral, vários usuários acessam ao mesmo tempo o mesmo servidor. Linux gerencia as várias tarefas a serem realizadas de forma transparente e realiza o controle de acesso de cada usuário. Sendo assim, para iniciar seus trabalhos com o Linux, você deverá fornecer seu login (nome ou apelido de trabalho no ambiente computacional) e sua senha (código secreto do usuário) para se identificar. Isto é necessário para que o sistema possa administrar sua área de trabalho, não permitindo que outros usuários visualizem o conteúdo das suas informações. Sua senha é sua segurança, não a perca!


Por ser bastante seguro, sua utilização obedece a uma hierarquia. Existe um usuário especial, o administrador (chamado de “super usuário” ou “usuário root”), que tem acesso a aplicativos e ações que os usuários comuns não poderão ter. Isto possibilita proteger o sistema de erros e bugs, provenientes de algum uso inadequado, garantindo a integridade e a segurança do sistema.


Concluída a inicialização do seu ambiente de trabalho, você estará em um ambiente gráfico moderno, que permite ao usuário acessar aplicativos simplesmente clicando com o mouse em ícones apropriados. Para começar, vamos entender melhor o Ambiente Gráfico KDE, ambiente padrão que estaremos adotando no Muriqui Linux.

Escrito por taniamoreirabr às 10h23
[] [envie esta mensagem
]


 

 

Informações encontradas na ajuda do computador

INTRODUÇÃO AO KDE



1 - História do Linux
O Linux foi originalmente desenvolvido pelo estudante, Linus Torvalds, na Finlândia, com o objetivo de fazer um sistema para seu uso pessoal, sem ter a intenção de ganhar dinheiro com isso. Ele, então, conta com a ajuda coletiva de vária pessoas e essa característica perdura até hoje. “A liberdade do desenvolvimento compartilhado e o trabalho voluntário marcaram todo o desenvolvimento e manutenção do Linux”.

Essa filosofia deu certo e inúmera comunidades de desenvolvedores de programas livres foram sendo criadas. Atualmente milhares de empresas investindo pesadamente no desenvolvimento do Linux e ele passou a ser o programa que mais cresce no mundo.


“O Linux tem como característica diferencial a disponibilização do seu código fonte, ou seja, ele é um Sistema Operacional Livre. Todos têm acesso às informações tecnológicas do sistema e podem criar e desenvolver novas soluções, dar sugestões de desenvolvimento, resolver problemas e bugs, adaptar o sistema às suas próprias necessidades, etc.”


“ O Linux é um Sistema Operacional, ou seja, um conjunto de programas básicos, utilitários e aplicativos que “fazem o computador funcionar”. Ele gerencia os recursos do computador, administra memória, periféricos, processos e aplicativos; é o responsável pela organização do sistema de arquivos na unidade de armazenamento, a gravação e leitura dos disquetes e CD's; a interação do computador com o mouse, o teclado, a tela do monitor, a placa de som, dentre outras funções. O Linux atua em uma camada mais básica do hardware, permitindo o perfeito funcionamento de outros aplicativos que estabelecem uma interface com o usuário. Para conseguir desenvolver o Linux foi necessário usar inúmeras ferramentas já desenvolvidas dentro do Projeto GNU, da Free Software Foundation. Ambos, a fundação e o projeto, foram organizados por um dos militantes mais ativos do Software Livre, Richard Stallman.


Inicialmente com uma interface de terminal, acionada por linhas de comando, por vezes complexas, o Linux se modernizou, oferecendo hoje dezenas de opções de interfaces gráficas de fácil utilização. Atualmente, uma das mais completas é o KDE, que você aprenderá a usar neste manual.

Escrito por taniamoreirabr às 10h23
[] [envie esta mensagem
]


 

 

Sistema operacional Muriqui

Nos encontros da oficina trabalhei com o Angelo e levantamos certezas e dúvidas sobre o sistema operacional Muriqui-Linux.

Nossas Certezas –

1- É um programa composto por vários sub-programas que ao serem usados colocam em funcionamento o computador
2. É um programa diferente do windows
3- Contêm sub-programas, tais como:

-configurações: centro de controle, centro de inform., assistência de configurações, config. de painel, editor de menus, ferramenta de atualização de menus..., config. de impressora
-atualização
-gerenciador de tem-gerenciador de pacote-gerenciador de usuário
-guarda do sistema KDE
agendador de tarefas
formatador de disquetes


Nossas Perguntas:

Qual a diferença entre Muriki-Linux e Windows?
Como salvar no disquete e no computador?
Como procurar arquivos?
Como abrir CDs?
Como estão organizados os arquivos no sistema?
Como acessar e ter acesso a diferentes usuários?
Como criar novos usuários?

Escrito por taniamoreirabr às 10h20
[] [envie esta mensagem
]


 

 

Como publicar páginas na web

Visite a página teste de internet no endereço http://br.geocities.yahoo.com/crissaucedo2003/paginateste.html, e faça da seguinte maneira: selecione o endereço e cole na barra de endereços do seu navegador. Construí a página entrando no editor de texto da web do escritório, e publiquei entrando no yahoo, geocities, gerenciador de arquivos, procurar, carregar.





Escrito por Cris às 10h07
[] [envie esta mensagem
]


 

 
[ ver mensagens anteriores ]